+ Revista TUdo

No Brasil

Escrito em 05/02/2021
Revista Tudo


A Eletrobras anunciou que o atual presidente da companhia, Wilson Ferreira Junior, renunciou ao cargo. Em fato relevante, a estatal informou que a decisão do administrador foi tomada 'por motivos pessoais'. O executivo permanecerá no cargo até o dia 5 março para garantir a transição para o sucessor.

Durante sua gestão, defendeu a privatização da companhia, ação apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro. Em maio de 2020, Ferreira Junior confirmou a privatização da empresa para este ano. Em dezembro, após o ministro da Economia Paulo Guedes manifestar frustração com a agenda de privatizações, sua pasta divulgou um cronograma prevendo que o governo vai se desfazer de nove empresas federais em 2021. Entre elas está a Eletrobras, que atua como uma holding, dividida em geração, transmissão e distribuição, criada em 1962 para coordenar todas as empresas do setor elétrico.