+ Revista TUdo

Crítica do Livro: A essencial arte de parar

Escrito em 21/08/2020
Revista Tudo


 

A obra de Kundtz é excepcional por trazer um tema de extrema importância para o nosso momento atual. Em uma linguagem simples e prática nos revela tantas verdades e nos auxilia na conexão conosco e com os outros. Parar e sentir é um ato espiritual, de amor, autoconhecimento, realidade, conexão, espiritualidade e de cura.

Estar desperto é estar vivo, é sentir, é perceber, é contemplar o que muitas vezes nos passa despercebido. O autor faz uma reflexão baseada na frase do poeta romano Horário – “Carpe diem” - “Aproveite o dia”, que faz total sentido. Antes de aproveitarmos o dia, precisamos parar, ficarmos quietos e decidirmos o que queremos. O simples fato de sairmos correndo na vida para aproveitarmos o que não sabemos, pode terminar mal. Será que você já viveu um dia assim?

“Antes de desfrutar o dia, pare por um dia. Ou mesmo por um minuto.”

Muitas vezes somos obrigados a parar por uma enfermidade, por questões do lar, um acidente, imprevistos e até mesmo por uma pandemia... Por que é tão difícil fazer uma pausa? Por que não escolhemos respirar ao invés de sempre correr? Por que damos prioridades para coisas ou situações muitas vezes insignificantes?

“Parar é algo que nos ajuda a clarear e até mesmo descobrir o nosso propósito, ouvir o nosso chamado e a encontrar a nossa vocação.”

Não sofra, pare e respire!

Se você ainda não conseguiu se conectar consigo mesmo, eu aconselho a leitura desse livro.

Comentário de Sandra Rodrigues

http://temperandoaspalavras.com/