+ Revista TUdo

Onda de sequestros assusta a região

Escrito em 17/06/2020
Revista Tudo



O chalé da chácara provavelmente era utilizado como cativeiro. Até o fechamento desta matéria, a investigação continuava em andamento

Os moradores de Cotia e Carapicuíba estão em alerta após sequestros relâmpagos registrados na região. Pelas redes sociais, moradores contam suas experiências de “quase” sequestros e fazem apelos para que as pessoas tomem cuidado ao sair de casa. 

Nos últimos dias de maio, uma ocorrência aconteceu no Centrinho da Granja; a vítima foi abordada enquanto guardava as suas compras e foi levada até o condomínio onde reside, mas a segurança interna do residencial conseguiu abordar os criminosos
Outros relatos surgem diariamente..

“Eu estava com a minha filha dentro do carro e um indivíduo entrou armado. Tinha muita gente perto e ele resolveu sair e ir embora”, conta uma vítima em um grupo do Facebook (optamos por não identificá-la).  

A modelo Kalliny Trevisan Maia, 19, foi encontrada amarrada dentro do veículo do suspeito, um pedreiro de 37 anos. Segundo o Boletim de Ocorrência, a jovem foi estuprada e dentro do carro havia uma enxada. A polícia acredita que ele a mataria e depois ocultaria o cadáver. O criminoso, que prestava serviços de pedreiro na região, confessou que já estava observando a moça há algum tempo. 

Ele foi preso em flagrante.

Dois dias depois desta ocorrência, o corpo de uma vítima de sequestro foi encontrado em Cotia, a partir de uma denúncia. O corpo era de um aposentado de 66 anos, morador de Mairinque,  onde aconteceu o sequestro. O homem já estava desaparecido e a família, inclusive, havia feito Boletim de Ocorrência. 

Ainda na primeira semana de junho, quatro indivíduos foram  presos pela polícia militar por suspeita de integrarem a quadrilha que está praticando sequestros pela região. Eles estavam saindo de um chácara, no Jardim Adelina; o imóvel tinha características de estar sendo usado como cativeiro. 

A Guarda Civil de Cotia intensificou a atuação de seu patrulhamento na região.