+ Revista TUdo

Mesmo em casa, cuide da sua saúde

Escrito em 16/05/2020
Revista Tudo


 

Quarentena, confinamento, isolamento social. 

Ficar em casa 24 horas por dia não é fácil, são muitas as competências e atribuições. 

Nosso corpo pede por movimento para manter-se vivo e sadio. Aliás, o movimento do corpo humano, desde a prática de exercícios físicos regulares, até as simples atitudes no dia a dia, podem salvar sua qualidade de vida. 

Por isso, a Revista Tudo foi buscar com duas profissionais alguns exercícios simples que podem ser feitos em casa, sem neura. 

Bora levantar esse corpo do sofá? Bora! 

✔️O Yoga é uma prática que tem como objetivo trabalhar o corpo e a mente de forma interligada, com exercícios que auxiliam no controle do estresse, ansiedade, dores no corpo e na coluna, além de melhorar o equilíbrio e promover a sensação de bem estar e a disposição, podendo ser praticada por homens, mulheres, crianças e idosos. 

✔️ Chamado primeiramente de "contrologia", o pilates é um tipo de atividade física que busca o controle dos músculos do corpo, fortalecendo a musculatura e melhorando seu tônus, além de conferir maior flexibilidade ao corpo. Hoje, alguns médicos o consideram uma forma de terapia, por ser um exercício individualizado.

 

YOGA

Adho Mukha Virasana

Fique de joelhos, apoie o quadril sobre os pés. Braços alongados à frente com as mãos firmes contra o chão expandem a musculatura das costas. 

Coloque ação nas palmas das mãos e empurre para que o quadril pese sobre seus pés.

 

 

 



Adho Mukha Svanasana ou Postura do Cachorro olhando para baixo 

Uma continuação da postura anterior. 

Flexione os dedos dos pés no chão e levante os joelhos, projetando os ísquios (ossinhos do bumbum) para cima. Estique bem os braços. Pressione as mãos contra o chão e empurre as coxas para trás. Leve seu tronco e seu rosto na direção das pernas. Coxas e joelhos ativos. Ainda permanecendo com seus ísquios  apontando para cima, desça com os calcanhares na direção do chão. Os pés devem estar paralelos entre si.

 

 



 

Urdhva Mukha Svanasana ou Postura do Cachorro olhando para cima. 

Deite-se de barriga para baixo, pernas e pés completamente esticados. Apoie as palmas das mãos no chão ao lado da cintura. 

Pressione as palmas das mãos e o peito dos pés contra o solo para erguer seu tronco até esticar os braços e suas pernas descolarem do chão.

Baixe os ombros, afastando-os das orelhas. Expanda seu peito para frente e para o alto.

 

 



Virabhadrasana 2 ou Postura do Guerreiro 2

Em pé, crie uma distância similar entre pés e mãos. 

Observe se as mãos estão na mesma altura dos ombros e com as palmas voltadas para baixo. 

Flexione o joelho direito mantendo-o alinhado com o tornozelo. Cuidado para não ultrapassar a linha da canela. Mantenha a perna esquerda estendida e o pé ligeiramente para a direita. 

Não deixe que o tronco se mova para frente, ele deve se manter na vertical.

Encaixe o cóccix, contraia o abdômen e alongue a coluna vertebral.

Mantenha o olhar na mão direita e o queixo paralelo ao chão.

Isa Yoga 

@isayogaoficial

 

 

 



PILATES DE SOLO

1-Equilíbrio

Em pé com os braços abertos e na linha do seu ombro, se equilibre no seu pé direito e erga ligeiramente a perna esquerda para o lado.

(Mantenha a posição de 5 a 8 inspirações e expirações)

 

 



2-Perdigueiro

Comece em quatro apoios com os punhos abaixo dos ombros e joelhos, na linha dos quadris. As costas em posição neutra(alinhada), inspire e eleve a mão esquerda  ao mesmo tempo que estende a perna direita , de forma que fiquem paralelos ao chão.

(Mantenha a posição de 5 a 8 inspirações e expirações)e repita o movimento do outro lado.



​3-Chutes laterais

Deitado de lado(decúbito lateral)com as duas pernas estendidas à frente.

Coloque a mão direita no chão na linha da cintura e o cotovelo esquerdo na linha do ombro.Suba a perna direita de leve e inspire.

Expire e dê um chute a frente, contraia a abdômen e mantenha o controle do tronco sem inclinar ele para a frente inspire e chute para trás.



4-PONTE

Deitado de barriga para cima(decúbito dorsal) com joelhos flexionados, pés apoiados no chão e afastados na largura do quadril; pelve em posição neutra e braços ao longo do corpo.

Flexione a coluna lombar, elevando a pelve para o teto retorne a posição inicial, descendo devagar vértebra por vértebra

(Repita o movimento de 5 a 8 vezes)

 



Personal Trainer: Renata A. Benevenuto

CREF 082929-G/SP @benevenuto_personal

(11) 99882-1644