+ Revista TUdo

Quatro pontos na carteira e multa de R$130,16

Escrito em 15/05/2020
Revista Tudo


Rodízio de carros não se aplica a Taboão, Embu, Itapecerica e demais cidades da região metropolitana

Novo rodízio de veículos foi pensado para colaborar com o isolamento social

Começou a valer dia 11/05 o novo rodízio de veículos da cidade de São Paulo. Após quase dois meses suspenso por causa da pandemia de Covid-19, o novo rodízio vai funcionar em toda a cidade e pelo período de 24 horas, além de restringir ainda mais a quantidade de veículos por dia.

A novidade determina que os veículos com placa de final par (0, 2, 4, 6 e 8) só poderão circular nos dias pares. Os carros com placas que terminam em número ímpar (1, 3, 5, 7 e 9) poderão circular nos outros dias. Dessa forma, os veículos estão liberados para trafegar pela cidade dia sim, dia não, inclusive nos feriados e fins de semana. A medida só não valerá no dia 31 de maio, quando ambos poderão circular.

Os carros que descumprirem as novas regras serão autuados de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, com perda de quatro pontos no prontuário da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e com pagamento de multa no valor de R$130,16. Será aplicada somente uma multa por dia para o mesmo veículo, independentemente da quantidade de vezes em que houver, no mesmo dia, desobediência à restrição.

Os táxis e veículos de transporte coletivo poderão circular normalmente, em quaisquer dias da semana. Mas os motoristas de aplicativos terão que respeitar o novo rodízio.

Serviços essenciais

Para os profissionais que prestam serviços considerados essenciais – como de serviço funerário, segurança, profissionais de imprensa e principalmente da área da saúde, a prefeitura criou um canal de comunicação, onde eles serão cadastrados para poder circular pela cidade, independentemente do número da placa do seu veículo. Conforme publicado na edição de sábado(9) do Diário Oficial, os profissionais isentos do rodízio, segundo o Decreto nº 59.283/20, devem fazer pedido pelo e-mail.