+ Revista TUdo

Você já ouviu falar de Parkour?

Escrito em 05/03/2020
Revista Tudo


Embora a modalidade não seja tão conhecida pelo grande público, já vimos muito parkour por aí. Quem se lembra da sequência inicial de "007 - Cassino Royale" (2006)? No filme que marcou a estreia de Daniel Craig como James Bond, a abertura mostra uma perseguição de quase 7 minutos com saltos e cambalhotas em andaimes e guindastes num prédio em construção. Ou seja, parkour! 

Com campeonatos mundiais espalhados pelo mundo e uma forma livre de se praticar, o parkour vem ganhando adeptos e é uma excelente maneira de cuidar do corpo, da mente e ainda se divertir muito! 

Desenvolvido por David Bellena década de 90, como um método de treinamento inspirado na preparação de soldados do exército francês, o parkour consiste basicamente em superar obstáculos, físicos ou imaginários, em qualquer tipo de ambiente, natural ou urbano. 



Tem ganhado um empurrão da internet para se popularizar. Já que tem o desafio como seu principal combustível, os praticantes registram em vídeo suas acrobacias impressionantes e jogam na rede. Assim, a legião de fãs só aumenta. 

E caminhamos para o profissionalismo e reconhecimento. Em 2018, durante congresso realizado em Baku, no Azerbaijão, a Federação Internacional de Ginástica aprovou a inclusão do parkour como uma de suas disciplinas. E já com um grande evento marcado. Este ano, a cidade de Hiroshima, no Japão, receberá o primeiro Campeonato Mundial de Parkour, de 3 a 5 de abril.  

O fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Parkour (ABPK), Jean Wainer comenta que a auto superação do parkour acaba sendo levada para outros aspectos da vida. "Você começa com a ideia de superar seu medo de altura, desequilibrar e ser julgado. Esse aspecto, de superar medos, começa a se expandir a outras esferas da vida dos praticantes do parkour. Quem pratica acaba se desafiando mais pessoalmente e profissionalmente", diz. 

 

Benefícios do Parkour 

  • Melhora a coordenação motora 

  • Melhora o sistema cardiorrespiratório e a respiração 

  • Aumenta a concentração 

  • Aumenta a consciência corporal 

  • Permite conhecer seus limites 

  • Proporciona bem-estar, elevando níveis de dopamina, endorfina e serotonina, diminuindo sintomas de ansiedade e depressão 

  • Eleva a autoestima 

  • Melhora a flexibilidade 

  • Aumenta o condicionamento físico 



Se você curtiu a ideia e quer arriscar, mas ainda se sente intimidado em começar a dar seus saltos por aí, saiba que existem em São Paulo espaços dedicados ao ensino e prática das técnicas do Parkour. 

Tracer 

Criada em 2004, tem duas unidades, uma em Pinheiros e outra na Vila Madalena.  

Você pode se matricular em uma das aulas de sua grade, ou contratar aulas particulares. Além disso, o espaço também é destinado a treinos livres (R$ 20 para não alunos, e R$ 10 para alunos) para quem tem as manhas de praticar sozinho. 

Unidade Faria Lima 
R. Cardeal Arcoverde, 2210 – Pinheiros 

Unidade Cerro Corá 
R. Antonio Borba, 59 – Vila Madalena 

 

Action Parkour 

Com pouco mais de um ano de existência, foi fundada por um dublê de filmes de ação que conheceu a modalidade em um set e se apaixonou. O espaço traz aulas para todas as idades! 

Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 167  – Freguesia do Ó 

 

Parkour de Taubaté 

Com uma reportagem no Globo Esporte, da TV Globo, o grupo de mulheres praticantes do esporte, da cidade de Taubaté, interior de São Paulo, ficou nacionalmente conhecido. Apesar da visibilidade, o grupo sofreu com piadas e memes na internet, de gente que criticou a prática delas. Vale ressaltar que, historicamente, o parkour é um esporte prioritariamente masculino. Em nota, o grupo se manifestou: "enquanto alguns tentam subverter a respectiva cena de forma maliciosa em uma forma de bullying, nós enxergamos esta mesma cena como algo lindo e extremamente forte, pois ele não difama e sim exalta a representatividade feminina dentro da prática, independente de qualquer característica física ou nível de habilidade". Para as participantes do perfil, o parkour é um esporte majoritariamente masculino e divulgar o crescimento de interesse de mulheres pela modalidade "possui uma importância imprescindível para o empoderamento feminino". Parkour pra todos e todas. E ponto final!