+ Revista TUdo

Hoteis diferentões: Será que eles existem mesmo?

Escrito em 30/10/2019
Revista Tudo


O hotel de sal Palacio de Sal tem uma área de 4500 metros quadrados com 30 quartos no formato de iglus.

Escolher o hotel ideal muitas vezes é a alma da viagem! Principalmente, se ele trouxer o rótulo de um dos hoteis mais inusitados do mundo.  
A Revista Tudo separou alguns hotéis que devem entrar no seu roteiro de viagem. Uns mais baratos, outros com preços mais salgados, até no Brasil a gente encontrou algumas peças bem raras. Confira!  

 

Hotel de Gelo 
Recentemente, a jornalista Glória Maria dividiu com os brasileiros a experiência de se hospedar em um hotel de gelo, na Noruega. Sim, ele existe! De verdade.  

A cada verão que passa, o gelo do SnowHotel Kirkenes derrete e artistas de todo o mundo são convidados para decorar os quartos do próximo inverno.  

A cama também é feita de gelo, mas se engana quem achar que passará frio. Isso porque a temperatura é toda controlada. E um charme final: para chegar em qualquer um dos 20 quartos oferecidos, o traslado pode ser feito por trenós puxados por huskies. 

A Noruega é um dos países mais frios do Planeta, mas, no verão, pode chegar no pico dos 40 graus. Vai encarar?  


www.snowhotelkirkenes.com 

Seis noites para um casal em uma suíte sai em torno de R$10.000,00.  
É possível encontrar acomodação por R$600 a diária/individual.  



Inspiração: Game of Thrones

Hotel de Sal, na Bolívia  

Hotéis de sal são comuns no Salar de Uyuni, na Bolívia, o maior deserto de sal do mundo. Com tanta matéria prima ficou fácil iniciar a construção e a arquitetura tem tudo a ver com a paisagem. As paredes, camas, sofás e até o teto são feitos de blocos de sal. Você olha pra fora, tem sal. Olha pra dentro, tem sal. Pro prato, tem sal. Não tem escapatória. 

O Palácio de Sal foi construído com tijolos de sal e equipado com móveis de sal; oferece acomodações com Wi Fi gratuito e buffet de café da manhã. Você também poderá desfrutar de um serviço de transfer de graça para o aeroporto durante a sua hospedagem. O restaurante oferece um menu regional com uma grande variedade de pratos salgados, como lhama, carne, cordeiro e frango. Conta com salão de jogos ou, se precisar, os serviços de depósito para bagagem. O estacionamento público está disponível gratuitamente no local. A cidade de Colchani fica a 15 minutos de carro, enquanto o Aeroporto de Uyuni está a 25 km do hotel. 
www.palaciodesal.com.bo 
A diária vai de R$500 a R$800, dependendo da data e da acomodação. O hotel é um deslumbre. Há quem diga que passaria dias somente dentro dele.  

 
Legenda da foto: O hotel de sal Palacio de Sal tem uma área de 4500 metros quadrados com 30 quartos no formato de iglus. 

 
Hotel na árvore, o Nothofagus, no Chile 
Os brasileiros descobrem cada vez mais os encantos do Chile. Um dos destinos mais interessantes do país andino é a Patagônia Chilena, uma região de gelo, neve e selva. A Reserva Biológica Huilo Huilo, a 860 km ao sul de Santiago, é prova de que há muitas atrações por lá e que as hospedagens podem ser fascinantes. 
No coração do complexo arquitetônico da Reserva está o Nothofagus, o hotel foi construído ao redor de uma árvore e oferece umas das mais belas vistas do complexo, já que sua estrutura vai se elevando entre as copas, de onde é possível avistar montanhas, vulcões e a selva patagônica. Isso mesmo, um luxo em meio a selva.  
Gastronomia 
No restaurante Nothofagus são servidos produtos típicos da região, como a murta, mirtilo, nozes e castanhas. É uma cozinha onde ingredientes frescos estão relacionados com o meio ambiente e carregam no sabor marcante a magia do lugar. Tem uma gama variada de pratos, incluindo frutos do mar, carnes e massas. Um dos pratos principais servidos no restaurante é um peito de frango recheado com Chupe de Caranguejo, que é um delicioso e tradicional ensopado da culinária chilena, servido com geleia de cebolas, avelãs e alecrim acompanhados por legumes. 
huilohuilo.com/donde-alojar/hoteles/nothofagus 

As diárias custam em torno de R$920.  
 
Legenda da foto: O spa do local oferece tratamentos como reflexologia, reiki, massagens com pedras quentes, hidroterapia e muitos outros. 

 



Hotel construído em volta da árvore

 

Hotel suspenso em meio as Cordilheiras 
Já pensou em passar uma noite dentro de uma cápsula suspensa no topo de uma montanha? O Skylodge Adventure Suites, pode proporcionar umas das experiências mais radicais da sua vida, oferecendo uma aventura e tanto, bem no meio da Cordilheira dos Andes. 
Ele nada mais é do que um hotel de cápsulas transparentes, penduradas na montanha. Que além de dispor de um visual deslumbrante para o Vale Sagrado dos Incas, com vista para montanhas, rios e nada mais nada menos que a Cordilheira dos Andes, oferece ao turista (bem aventureiro por sinal) a oportunidade de dormir em uma cabine suspensa nas alturas, admirando o imenso céu estrelado.  
São apenas três cabines, à 400 metros de altitude, que suportam no máximo quatro pessoas cada, e contam com camas, mesas de jantar e banheiros privativos, lembrando que por ser em uma montanha, não possui chuveiros para banhos.  

 
Para chegar até lá?  
Ida: uma rota, que conta com escaladas na montanha. São feitas por degraus de ferro, cabo de aço, pontes suspensas e instalações específicas para a subida ser 100% segura. Volta: é feita através de um rapel de 100 metros de altura, combinada com uma caminhada. Qualquer pessoa maior de sete anos, está apta para escolher esse caminho.  
Existe também uma tirolesa de 700 metros caso o hóspede prefira ir e voltar com mais emoção.  

 

Gastronomia 
Para quem pernoita: café da manhã servido em cima da cápsula, jantar com uma garrafa de vinho e algumas opções de lanches. 
Para os visitantes: almoço para até 12 pessoas também dentro de uma cápsula às alturas; são 4 pratos sendo sopa, salada, prato principal e sobremesa, além das bebidas. 
 

Uma noite no Skylodge (contando com todo o processo de subida e descida custa cerca de 1500 soles ou 450 dólares ou R$1800  

 

Legenda da foto: a iluminação das cápsulas são feitas ecologicamente, através de painéis fotovoltaicos, onde guardam energia em baterias, além de luminárias com energia solar. 
 
 
O hotel, que fica próximo de Cuzco, no Peru, foi criado por um grupo de jovens amantes das alturas, da empresa Natura Vive, com o intuito de proporcionar uma emoção nunca vivida, à pessoas que tem como prazer a adrenalina. 

 



A iluminação das cápsulas é feitas ecologicamente, através de painéis fotovoltaicos, onde guardam energia em baterias, além de luminárias com energia solar.

 

Pelo Brasil, alguns hotéis inusitados podem entrar nesse roteiro. Confira:  
 

Hotel Espaço Naves Lunazen, em Alto Paraíso  
Em terras goianas, quartos de hotel fiquem dentro de espaçonaves. 

Localizado em Alto Paraíso, cidade da Chapada dos Veadeiros na mesma latitude de Machu Picchu, o hotel Espaço Naves LunaZen abriga construções arredondadas feitas com ferro e cimento que, segundo os próprios proprietários, são resistentes “a qualquer fenômeno da natureza como ventos, tornados e chuvas”.  
Prepare-se para esta viagem intergalática.  
www.espaconaveslunazen.com.br 
O preço não é divulgado. Apenas para quem está realmente interessado.   

Aos amantes de vinho 
A cidade gaúcha Canela (RS) abriga esse curioso hotel-fazenda, o Hotel Pampas, onde os hóspedes ficam em quartos localizados no interior de antigas barricas de vinhos usadas em vinícolas da Serra Gaúcha. Com capacidade de até 110 mil litros, cada pipa foi transformada em quartos com três andares, onde móveis, pisos e paredes foram feitos com madeiras retiradas de barricas de araucária, grápia e carvalho. 
Considerado único no mundo, o hotel abriga 14 antigas pipas de vinho usadas em vinícolas da região de Bento Gonçalves como a Aurora e Garibaldi. 
hoteispampas.com.br 
Diárias a partir de R$230  

Box 
A Pousada Casa de Taipa é um hotel boutique com apenas nove quartos que surpreende quem chega na fervida São Miguel do Gostoso, destino do litoral do Rio Grande do Norte, a 110 km de Natal. O quarto duplo custa R$200, com direito ao buffet de café da manhã. 
pousadacasadetaipa.com.br 
Foto: Eduardo Vessoni 



Café da manhã a mais de 400 metros de altitude