+ Revista TUdo

Microfisioterapia e a recuperação da energia vital do seu corpo e mente

Escrito em 12/07/2019
Revista Tudo


Segundo a microfisioterapia ele tem!! É isso mesmo. 

microfisioterapia é uma técnica de terapia manual que tem como base científica a embriologia. Ou seja, segundo seus criadores, o cérebro, a pele e seus anexos têm a mesma origem embrionária, o ectoderma, o que explica a profunda relação entre eles. Por isso, ao tocarmos a pele temos acesso a todos os órgãos e emoções do nosso corpo. O sistema nervoso central registra tudo o que nos acontece emocionalmente e, quando não tratamos ou resolvemos algumas questões, elas podem sim afetar a nossa saúde. 

 

Assim, os franceses Daniel Grosjean e Patrice Benini, em 1983, desenvolveram um mapa do nosso corpo com os pontos específicos. Ao tocar nesses pontos, o terapeuta encontra a causa primária de uma doença ou trauma, o local exato onde falta energia vital, o que eles chamam de cicatriz. Uma vez identificada, o próximo passo é “limpar”, ou seja, remover esta cicatriz, estimulando o sistema a eliminar esses registros e restabelecer o equilíbrio físico e emocional, ou seja, o corpo é incentivado a se autocurar. Assim como a Acupuntura e a Medicina Tradicional Chinesa, a microfisioterapia também trata o corpo de maneira integral, corpo e mente trabalhando juntos e influenciando um no outro. 

 

Nosso corpo é um sistema perfeito e, muitas vezes, os anticorpos trabalham direitinho e silenciosamente, nos curando e corrigindo quando algo não vai bem. Porém, quando passamos por um grande trauma, seja ele físico, como um acidente de carro, ou emocional, como a perda de alguém,  o corpo pode não reagir de maneira eficaz e então esta agressão produz “cicatriz” nos tecidos, uma memória do acontecimento. E seguimos a vida. Mas, apesar da sensação de cura e de que tudo está bem, aquela memória está registrada ali e, ao longo do tempo, pode impulsionar o aparecimento de dores ou desencadear doenças. 

BOX: Existe uma força curativa dentro de nós que Hipócrates, o pai da medicina, chamava de “fisis” e que a homeopatia e a naturopatia chamam de “energia vital” e os hindus chamam de “prana”. A autocura é movida por esta energia que faz com que a doença ou as anormalidades em nosso corpo sejam curadas. 

 

microfisioterapia então restabelece essa energia vital, limpa esta memória, mesmo que após muitos anos. A sessão em si dura em torno de 20 minutos. A terapeuta Sandra Chung explica que a sessão toda acaba levando até duas horas porque ela conversa bastante com o paciente antes que ele se deite na maca. Normalmente os pacientes chegam com uma queixa, seja uma dor física, nas costas, joelhos, pescoço, seja uma dor emocional, algo que não “anda”, que  não se resolve, que não evolui de alguma forma. 

 

Mas como acontece essa sensação de onde estão localizados os traumas e doenças? Por meio de estudos e da prática, é claro, os micromovimentos do corpo do paciente orientam o terapeuta. Desta forma, é estabelecido um diálogo direto com a memória tecidual da pessoa, por via palpatória, sem nenhum outro apoio.  

 

Após a primeira sessão, é recomendado tomar bastante água, para ajudar neste processo de limpeza e cura. A próxima sessão precisa ter um intervalo de três a quatro semanas.  

O mais curioso é que todo este processo não passa pelo mental do paciente. Ou seja, o terapeuta não conta para o paciente o que ele encontrou ou o que “limpou”. Sandra explica que a maioria das pessoas, se soubessem, fariam links e buscariam respostas, o que só prolongaria o problema e aí a cura não aconteceria. Ela também alerta que em casos de dores crônicas ou doenças mais graves, em que os pacientes estão tomando algum medicamento, a recomendação é que continuem tomando. 

 

A terapia é recomendada a pacientes de todas as idades, sejam bebês, adultos ou idosos. Michelle Vasconcelos, fisioterapeuta e mãe da Alice, testou a técnica quando a neném tinha apenas dois meses de vida. “Alice tinha refluxo e quando mamava era um sofrimento para ela e para nós, que a víamos naquela agonia. Como já conhecia a técnica, a levei a um colega foi necessária apenas uma sessão para que o refluxo desaparecesse. Entendemos que algo ali na gestação deixou uma cicatriz nela, que logo foi removida”, revelou.  

 

Ou seja, cada vez mais percebemos que corpo e mente são um só mecanismo. E agradecemos por existirem terapias que enxergam e tratam dessa forma! 

 

Sandra Chung 

MicrofisioterapiaAuriculoterapiaBiomagnetismo, Fisioterapia de Rehabilitação e Reprogramação Biológica 

Granjardim – Espaço Saúde – Av. São Camilo, 980, Granja Viana. 

Tel. (11) 4702-6652/ (11) 97296-3039