+ Revista TUdo

Mel indoor

Escrito em 09/03/2021
Revista Tudo


Alimento artesanal produzido dentro de casa. E sem picadas.

Se criar abelhas em casa já estava na moda, imaginem só após a cantora Ivete Sangalo entrar na onda e abrir seu apiário para todo o Brasil ver, em rede nacional.

Tem muita gente pelo Brasil afora criando as Uruçus em casa para fazer mel artesanal, que virou produto valorizado.
Na casa de praia de Ivete Sangalo, no litoral norte da Bahia, elas ganharam até um cantinho especial. Daniel Cady, marido da cantora, ganhou uma caixinha com uma colmeia dentro. Poucos meses depois, ele já tinha feito dois cursos e hoje cuida de 50 colmeias.

Algumas pessoas têm adotado essa atividade como uma atividade de hobby e criam as abelhas como se fosse um pet.

As mais indicadas são as melíponas, porque não têm ferrão. As apis (com ferrão) produzem muito mais mel, mas vão acabar picando você e incomodando seus vizinhos. Entre as melíponas, algumas das variedades mais indicadas são jataí, mandaçaia, jandira, uruçu ou jandaíra (que variam de acordo com a região do País).

Para começar, o que você precisa saber…
As colônias para criação doméstica vêm dentro de uma caixa de madeira (20 cm de largura por 60 cm de altura). A caixa custa entre 200 e 400 reais e você pode comprar em universidades, meliponários ou de alguém que já tenha uma caixa e esteja formando uma nova colônia.

As caixas são divididas em três andares.
Embaixo fica a entrada, com um buraco para que as abelhas possam ir e vir para fazer a polinização. E em cima ficam as melgueiras, com os potes de mel fresquinho, que as próprias abelhas fazem de cera. No meio ficam os discos de cria. É lá que elas se reproduzem e onde mora a rainha.

Não é só você que gosta de mel, as formigas também são vidradas. Por isso, deixe sua caixa em um lugar alto.

Abelhas são insetos muito sensíveis às mudanças em seu habitat. Seca, chuva em excesso, calor e frio podem interferir diretamente na produção melífera.

Nos locais com excesso de calor, por exemplo, as abelhas procuram por água e buscam ventilar a colmeia. Se o calor continuar, os insetos se espalham entre os favos aumentando o espaço entre os indivíduos para permitir a circulação de ar. Se isso não funcionar, eles param de trabalhar. Então parte das abelhas sai da caixa para reduzir o calor corporal gerado dentro da colmeia e forma grandes barbas ao redor da entrada dos enxames. Se também não der certo, as larvas começam a morrer e as abelhas abandonam a colmeia.

Os méis de abelha sem ferrão precisam ser mantidos em geladeira para não fermentarem, devido à alta umidade e pouco teor de açúcar. A maior parte dos méis de abelha nativa tem corpo similar a um licor, com pouca ou muita acidez e cores que vão do amarelo pálido ao âmbar. Recomenda-se não aquecer para que não se perca o aroma e sabor delicado.


Usos culinários: como calda de sorvetes de sabores suaves (como baunilha ou sorbets de fruta); em sobremesas com frutas frescas e ingredientes menos marcantes, como amêndoa, iogurte e baunilha; para vinagretes ou molhos de saladas; como adoçante para chás e infusões suaves; para acrescentar notas ácidas e/ou doces a drinks; marinar ou finalizar o tempero de peixes; como ingrediente de molho agridoce para carnes como cordeiro.

Receitinhas para usar o mel de sua preferência

Wrap de Salmão com Queijo e Mel
Receita do Meza Bar

Ingredientes

  • 150 g de filé de salmão
  • 1/2 colher de sopa de sal grosso
  • 2 colheres de chá de açúcar cristal
  • 1/5 maço de endro
  • 20 g de cebola roxa
  • 6 colheres de chá de folhas de chá de jasmim
  • 1 pão folha
  • alface roxa e crespa a gosto
  • 20 g de queijo feta
  • 1/2 xícara de chá de azeite extra virgem
  • 1 colher de chá de mel
  • 1 colher de sopa de cream cheese
  • cebolinha francesa a gosto


    Modo de preparo
    Marine o salmão com o sal grosso, o açúcar, o azeite, o endro, a cebola fatiada na mandolina (tipo de fatiador regulável) e o chá de jasmim. Deixe de molho por pelo menos 8 horas. Monte o sanduíche da seguinte forma: no pão folha, coloque o salmão cortado como um sashimi fino, apenas em uma das metades do pão. Disponha a salada (folhas de alface rasgadas) por cima e corte em cubos a cebola, o jasmim e o endro da marinada. Grelhe o queijo feta, corte bem e misture com o mel e o cream cheese. Use essa pasta na outra metade do pão ao enrolar o sanduíche. Salpique a cebolinha a gosto.

 



Para começar, o que você precisa saber… 
As colônias para criação doméstica vêm dentro de uma caixa de madeira (20 cm de largura por 60 cm de altura). A caixa custa entre 200 e 400 reais e você pode comprar em universidades, meliponários ou de alguém que já tenha uma caixa e esteja formando uma nova colônia.

As caixas são divididas em três andares.
Embaixo fica a entrada, com um buraco para que as abelhas possam ir e vir para fazer a polinização. E em cima ficam as melgueiras, com os potes de mel fresquinho, que as próprias abelhas fazem de cera. No meio ficam os discos de cria. É lá que elas se reproduzem e onde mora a rainha.

Não é só você que gosta de mel, as formigas também são vidradas. Por isso, deixe sua caixa em um lugar alto.

Abelhas são insetos muito sensíveis às mudanças em seu habitat. Seca, chuva em excesso, calor e frio podem interferir diretamente na produção melífera.

Nos locais com excesso de calor, por exemplo, as abelhas procuram por água e buscam ventilar a colmeia. Se o calor continuar, os insetos se espalham entre os favos aumentando o espaço entre os indivíduos para permitir a circulação de ar. Se isso não funcionar, eles param de trabalhar. Então parte das abelhas sai da caixa para reduzir o calor corporal gerado dentro da colmeia e forma grandes barbas ao redor da entrada dos enxames. Se também não der certo, as larvas começam a morrer e as abelhas abandonam a colmeia.

Os méis de abelha sem ferrão precisam ser mantidos em geladeira para não fermentarem, devido à alta umidade e pouco teor de açúcar. A maior parte dos méis de abelha nativa tem corpo similar a um licor, com pouca ou muita acidez e cores que vão do amarelo pálido ao âmbar. Recomenda-se não aquecer para que não se perca o aroma e sabor delicado.

Box
Usos culinários: como calda de sorvetes de sabores suaves (como baunilha ou sorbets de fruta); em sobremesas com frutas frescas e ingredientes menos marcantes, como amêndoa, iogurte e baunilha; para vinagretes ou molhos de saladas; como adoçante para chás e infusões suaves; para acrescentar notas ácidas e/ou doces a drinks; marinar ou finalizar o tempero de peixes; como ingrediente de molho agridoce para carnes como cordeiro.

Receitinhas para usar o mel de sua preferência

Wrap de Salmão com Queijo e Mel
Receita do Meza Bar

Ingredientes

  • 150 g de filé de salmão
  • 1/2 colher de sopa de sal grosso
  • 2 colheres de chá de açúcar cristal
  • 1/5 maço de endro
  • 20 g de cebola roxa
  • 6 colheres de chá de folhas de chá de jasmim
  • 1 pão folha
  • alface roxa e crespa a gosto
  • 20 g de queijo feta
  • 1/2 xícara de chá de azeite extra virgem
  • 1 colher de chá de mel
  • 1 colher de sopa de cream cheese
  • cebolinha francesa a gosto


    Modo de preparo
    Marine o salmão com o sal grosso, o açúcar, o azeite, o endro, a cebola fatiada na mandolina (tipo de fatiador regulável) e o chá de jasmim. Deixe de molho por pelo menos 8 horas. Monte o sanduíche da seguinte forma: no pão folha, coloque o salmão cortado como um sashimi fino, apenas em uma das metades do pão. Disponha a salada (folhas de alface rasgadas) por cima e corte em cubos a cebola, o jasmim e o endro da marinada. Grelhe o queijo feta, corte bem e misture com o mel e o cream cheese. Use essa pasta na outra metade do pão ao enrolar o sanduíche. Salpique a cebolinha a gosto.
  •  


Frango com Café, Mel e Queijo Coalho
Receita da chef Stela Morato para a Cozinha Experimental da 3Corações

Ingredientes

- 400 g de peito de frango, cortado em 2 partes
- 1 colher de sopa de óleo de oliva
- sal e pimenta-do-reino a gosto
- 1 colher de sopa de mel
- 1 colher de chá de café solúvel
- suco de uma laranja
- 150 g de queijo coalho
- 1 colher de sopa de casca de laranja.

Modo de preparo
Coloque o frango em uma forma refratária e adicione o óleo. Depois, tempere com sal e pimenta-do-reino. Em seguida, adicione o mel, o café, o suco e as cascas de laranja no frango, e deixe marinar por 2 horas. Cubra a forma com papel-alumínio e leve ao forno preaquecido, a 180 ºC, por 10 minutos. Depois, retire o papel e coloque o queijo coalho misturando bem ao suco. Deixe assar por mais 10 ou 15 minutos, aproximadamente, e sirva.