Notícias TUdo

2021 chegou! Você acha importante o retorno presencial das crianças às escolas de Educação Infantil?

Escrito em 05/02/2021
Revista Tudo


O ano de 2020 jamais será esquecido, pois a pandemia da COVID-19 modificou nossas vidas em vários aspectos e as crianças, de um dia para o outro, devido ao isolamento social, foram obrigadas a permanecerem em casa por um longo período, sendo privadas da socialização no âmbito escolar e/ou familiar.

A socialização inicia na primeira infância, de acordo com os estágios de desenvolvimento infantil, onde a criança aprende a fazer amigos, passa a ser mais tolerante, aprende a trabalhar em equipe, desenvolve melhor sua comunicação, os limites são ensinados mais facilmente e vai determinar como a criança vai se relacionar ao longo de sua vida como um todo.

Pensando na importância dessa socialização, “A Escola Bosque das Letras foi preparada com muito cuidado e carinho para a retomada presencial, seguindo os protocolos de segurança, sem perder nossa característica e essência de acolhimento. Sabemos o quanto este período distante da escola foi difícil para todos e ainda estamos vivenciando um momento delicado”, afirma Juliana S. Conte, Diretora da escola.

Mas como sentir segurança? “Acreditamos que principalmente nossa abordagem Construtivista, nosso espaço físico diferenciado, com ampla área verde e nosso Protocolo de Segurança COVID-19, têm sido essenciais para os pais optarem por nossa escola sentindo segurança no retorno presencial das crianças”, complementa Juliana.  

No Construtivismo, a criança é protagonista na construção de seu conhecimento, que é adquirido por meio da interação do indivíduo com o ambiente em que vive e na relação com o outro, o que colabora para tornar a experiência mais completa, estimulando a criatividade, contribuindo para a cognição e a percepção espacial.

O construtivismo trabalha com o olhar voltado à aprendizagem da criança. Não é mais o conhecimento do professor e como ele ensina o pilar central, e sim como a criança aprende, complementa Daniela Onisanti, Coordenadora Pedagógica da Escola Bosque das Letras. Daniela conta que as crianças são colocadas como protagonistas de suas ações, de forma que a autonomia deles possa ser desenvolvida: pensamos na formação de um sujeito reflexivo, potente em suas escolhas e na interação com o meio. Partimos do princípio de que a criança é um ser integral, cognitivo, comportamental e emocional, portanto, o nosso olhar está voltado para o respeito a ela, para que ela possa ser quem é, ressalta.

Se de um lado as crianças não são mais passivas diante do conhecimento, de outro é essencial que o professor busque estimular e motivar esse aprendizado, fornecendo recursos sem interferir de forma impositiva. Os nossos educadores são constantemente formados para trabalhar de forma respeitosa, como um mediador entre a criança e a construção do conhecimento. Percebemos que nossa prática é extremamente gratificante quando olhamos para trás e podemos ver como a criança se apropriou dessas vivências na Educação Infantil e as levou para a vida, tornando-se sujeitos emancipados, participativos, com um olhar sensível para o mundo e para o outro”, afirma Daniela.

 



Conforme diretriz do MEC, todas as escolas deverão oferecer a opção de ensino presencial e remoto durante esse ano letivo, e caberá às famílias, junto com a orientação de seus pediatras decidirem ou não pela volta presencial de seu filho à escola, considerando a sua saúde e a importância da socialização na primeira infância.

E você? Sente segurança? Venha nos conhecer e conversar mais sobre esse assunto!

Escrito por: Escola Bosque das Letras – Km 28,5 Raposo Tavares – WhatsApp: 94507-5942