Notícias TUdo

Por que emagrecer parece impossível

Escrito em 19/06/2019
Revista Tudo


Por Mariana Marçal

Não emagreço porque já passei dos 35. Não emagreço porque meu metabolismo é lento. Não emagreço porque minha família é toda gorda. Não emagreço porque não consigo ficar sem o pão da manhã. Não perco uma grama. Então, desisto de fazer dieta e me delicio com tudo o que vejo pela frente, até soluçar e a barriga estufar. E então, quando sacio minhas vontades, me arrependo, sinto tristeza porque não caibo nas roupas, sinto-me feia, sinto-me cansada, sinto-me pra baixo.
Enquanto algumas pessoas podem comer um elefante e não engordar uma grama, só de pensar em comida eu engordo.

Quem aí se identifica com tudo o que falei acima?

Na verdade, eu tive que entender muitas coisas no processo de comer para eliminar os 25 quilos que mandei para o espaço. E uma delas é que, para emagrecer, não existe milagre. Tive que cortar o pão da manhã, a farta janta da noite, tive que ler muito sobre os alimentos e a ação deles sobre nosso corpo. Tive que superar o gosto de remédio do adoçante. Descobri que suco de frutas engorda, que a comida da noite vira gordura num piscar de olhos, que posso dizer “Não, obrigada” quando, na verdade, eu queria dizer “sim” para três pedaços de pizza.


Aprendi que o metabolismo da mulher é mais lento que tartaruga e, se eu não estimular, não consigo queimar calorias. Sim, temos que colocar um tênis no pé e correr, literalmente, atrás do prejuízo. O esporte te proporciona conhecer outras pessoas que estão no mesmo barco que você. Mas existe uma linha tênue entre a preguiça e o prazer que o esporte desperta. Tendemos a ficar de um lado dela, de preferência do lado do sofá. Aprendi que todos querem que eu me boicote e que, dificilmente terá alguém para dizer: “isso mesmo, siga firme na sua disciplina”.

Preferem dizer: “ah, que besteira; coma só hoje, não vai fazer diferença”.
É triste dizer mas o processo de emagrecimento é duro, é difícil e solitário.
Mas ele é possível e eu vou ajudar você nesta caminhada.

Abaixo a ditadura da magreza, a obesidade é responsável por 5% de todas as mortes do mundo e o Sistema Único de Saúde gasta cerca de 210 milhões de reais por ano com doenças decorrentes da obesidade.

Dá pra gente mudar essa realidade. Dá pra você mudar a sua realidade. Só vem!

Mariana Marçal é jornalista, editora da Revista Tudo e emagreceu 25 quilos sem cirurgia ou medicamento. Hoje, apesar de ainda ser bastante indisciplinada, tenta auxiliar outras mulheres que enfrentam dificuldades no processo de emagrecimento.