Destaques TUdo

Banoffee Pie

Escrito em 13/04/2021
Revista Tudo


Criada na Grã-Bretanha na década de 1970. A união de bananas frescas com recheio de caramelo e um creme delicioso conferem ao banoffee um sabor especial e único

A origem é inglesa, mas no Brasil a torta Banoffee Pie conquistou as mesas e os paladares de quem ama sabores marcantes.

É uma sobremesa irresistível, chique, fácil de preparar e quem a prepara não precisa ter grandes habilidades culinárias. Sua receita leva banana, biscoito maizena, leite condensado e uma cobertura de creme de leite, garantindo uma mistura audaciosa de sabores na boca.

Dicas para você criar a própria Banoffee e chamar de sua
- Adicionar gotas de chocolate pode dar um toque especial à sobremesa.

-Quer deixá-la mais chique? Use chocolate caramelo Callebaut, café solúvel, mascarpone e até cacau em pó para polvilhar.

- A banana pode ser caramelizada e flambada na cachaça.

- Faça na versão Naked Cake e curta a experiência.
- Brinque com a massa: acrescente iogurte ou use o biscoito de água e sal na massa, ao invés do de maizena. Você pode acrescentar cacau ou amêndoas.  

-Experimente a Verrine de Banoffee, que nada mais é que o doce servido em taças.


A Banoffee Pie é uma torta inglesa, criada em um pub chamado The Hungry Monk [O Monge Faminto]. O nome vem da combinação de duas palavras - banana e toffee - os dois ingredientes principais da receita. O "toffee" se refere ao caramelo obtido através do cozimento do leite condensado, isto é, nada mais que um doce de leite marronzinho e cremoso.

Dicas preciosas

Bananas ideais
Adotar os melhores ingredientes inclui fazer escolhas acertadas. Entre as bananas, por exemplo, as mais indicadas são: nanica e prata. Para quem prefere doces mais intensos, pode-se usar a nanica, que é mais doce. A banana prata é menos adocicada, portanto, traz mais equilíbrio quando combinada aos outros ingredientes, que já são bastante doces.

Base assada ou gelada
Já a base da banoffee pode ser feita de duas maneiras distintas: com biscoitos triturados e misturados a manteiga derretida e, posteriormente, prensados na forma ou com massa de torta tradicional. No caso dos biscoitos, não precisa ser assada; basta gelar. Já quando a opção é a massa de torta tradicional, é necessário que seja assada por completo e resfriada antes da montagem da torta.

O doce de leite
O doce de leite utilizado deve ter textura firme, impedindo que a banana afunde na montagem e que a fatia se mantenha inteira quando cortada, ao invés de escorrer.

Abuse da criatividade
Algumas receitas sugerem alternativas como misturar um pouco de café solúvel ou um pouco de chocolate ao creme, trazendo novos sabores. 



Banoffee individual da chef confeiteira e youtuber Dani Noce. Foto: Janaina Narcizo Monteiro

Aposte nessa torta banoffee do André, do MasterChef

Ingredientes da massa:

200 g de bolacha de leite maltado

80 g de manteiga gelada

Ingredientes do recheio:

200 a 400g de doce de leite (a gosto)

3 a 5 bananas maduras (dependendo do tamanho delas)

1 creme de leite fresco para a cobertura

Modo de preparo:

Bata no processador a bolacha com a manteiga cortada em cubinhos. Cuidado para não bater demais e esquentar muito a manteiga, pois fica difícil trabalhar com a massa toda mole. Em seguida, distribua a mistura pela forma, dê preferência à uma com fundo removível. Gosta da massa mais crocante? Então, leve ao forno de 10 a 15 minutos, em temperatura baixa (180°C). Eu, André, faço sem forno para facilitar e ainda assim bem gostoso. A massa fica com uma texturinha, sem ser dura.

Espalhe uma camada de doce de leite por cima da massa e, depois, as bananas. Dicas: se levou a massa ao forno, espere esfriar antes de colocar o doce de leite. Quanto mais firme ele estiver, melhor na hora de desenformar. As bananas podem ser picadinhas ou apenas cortadas ao meio, depende de como você quer que elas apareçam na apresentação.

Por fim, bata o creme de leite fresco e gelado até ficar no ponto. Se bater demais, ele separa tudo e vira manteiga, cuidado. Não precisa adicionar açúcar.

O ideal é deixar a torta na geladeira por, pelo menos, 2 horas para que fique firme. Na hora de servir, polvilhe um pouco de cacau em pó por cima, ou raspas de chocolate para a apresentação ficar mais bonita.

Banoffe com bacon?

Ninguém duvida da criatividade do brasileiro, especialmente quando o assunto é gastronomia.

A invenção da confeiteira Renatta Ferian, que comanda a doceria Banoffi em Curitiba surpreendeu os fãs da sobremesa. Conhecida por ser a precursora em popularizar o doce inglês na capital paranaense no início dos anos 2000, a chef patisserie desenvolveu a receita usando como base um dos pratos favoritos do cantor Elvis Presley. “O Rei do Rock adorava preparar um sanduíche com pasta de amendoim, banana e bacon. Quando fiquei sabendo da história, foi inevitável pensar em uma receita para homenageá-lo usando com base da banoffee”, explica Renata.

 



Banoffee com bacon, da confeiteira Renatta Ferian: o Baconoffi homenageia Elvis Presley

Existe a opção vegana de Banoffee sem o leite e seus derivados. Primeiro você compra os biscoitos veganos para começar a receita, depois é só fazer o recheio com leite de coco, caramelo e chocolate vegano (amargo 70%). Por fim, você joga um pouco de canela e chocolate amargo vegano por cima e a receita está pronta.
Dá para fazer o doce de leite vegano com leite de coco e extrato de baunilha.